Anunciar no Guia da Cidade de Arujá
Educação

Fies 2018 abrirá inscrições nesta segunda-feira (19)

As inscrições para o Novo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) começarão nesta segunda-feira (19) e irão até o dia 28 de fevereiro. O programa oferece créditos para estudantes cursarem o ensino superior em universidades privadas.

Como se inscrever

Os candidatos devem acessar o site http://fiesselecao.mec.gov.br e clicar em "Primeiro Acesso".

Depois disso, é preciso digitar o CPF e a data de nascimento. O sistema buscará o boletim de desempenho do estudante no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e pedirá que sejam registrados uma senha de acesso e um e-mail.

Em seguida, o candidato deve entrar em seu e-mail e abrir a mensagem enviada pelo Fies. Haverá um link de ativação para que o estudante possa se inscrever no programa.

Depois de ativar, é preciso retornar ao site do Fies Seleção e clicar em "já sou cadastrado".

Agora, é só digitar a senha e o e-mail cadastrados.

O candidato precisará preencher os dados pessoais e informar a renda de cada membro de sua família (que more no mesmo domicílio).

Para concluir a inscrição, o estudante deve escolher uma das modalidades do Fies e, em seguida, selecionar até 3 opções de curso.

É possível mudar a opção de curso até o dia 28 de fevereiro, quando acabam as inscrições.

Requisitos

Para disputar as vagas, é necessário cumprir dois requisitos:

ter participado do Enem a partir da edição de 2010 e obtido média aritmética das notas nas provas igual ou superior a 450 (quatrocentos e cinquenta) pontos e nota na redação superior a 0 (zero).

possuir renda familiar mensal bruta per capita de: a) até 3 (três) salários mínimos, na modalidade de financiamento do Fies; b) de 3 (três) a 5 (cinco) salários mínimos, na modalidade de financiamento do P-Fies (quando o agente financeiro é o banco).

Modalidades do Fies

O novo Fies tem duas modalidades:

Fies: Candidatos cuja renda familiar per capita seja de até 3 salários mínimos. Nesse tipo de financiamento, o pagamento será feito com juros zero.

Caso o estudante se encaixe nessa faixa de renda, só poderá participar do P-Fies se não houver vaga para o curso desejado na primeira modalidade.

P-Fies: Candidatos cuja renda familiar per capita esteja entre 3 e 5 salários mínimos. Nessa modalidade, o financiamento é feito por condições definidas pelo agente financeiro operador de crédito (banco).

Pagamento

Os candidatos aprovados no Fies, que tenham renda familiar per capita de até 3 salários mínimos, deverão pagar durante o curso, mensalmente, uma taxa de coparticipação.

Após a conclusão da graduação, o estudante quitará a dívida de acordo com sua realidade financeira. A parcela a ser paga por mês dependerá de sua renda.

Notas de corte

Todos os dias, até o encerramento das inscrições, o sistema do Fies informará a nota de corte parcial de cada curso que participa do programa. Ela é calculada com base no desempenho no Enem de todos os inscritos e o número de vagas disponível.

O candidato pode usar essa nota de corte como referência para escolher um curso em que tenha mais chance de ser aprovado. É possível mudar a opção de graduação até o dia 28 de fevereiro.

Ordem de preferência

Além da nota do Enem, há outros critérios para selecionar candidatos. Em ordem de prioridade, estão os seguintes perfis:

Candidatos que não tenham concluído o ensino superior e não tenham sido beneficiados pelo financiamento estudantil;

Candidatos que não tenham concluído o ensino superior, mas já tenham sido beneficiados pelo financiamento estudantil e o tenham quitado;

Candidatos que já tenham concluído o ensino superior e não tenham sido beneficiados pelo financiamento estudantil;

Candidatos que já tenham concluído o ensino superior e tenham sido beneficiados pelo financiamento estudantil e o tenham quitado.

Resultados

Os resultados serão publicados em 5 de março de 2018 para a modalidade Fies. Para o P-Fies (financiado por bancos), a lista de aprovados sairá em 12 de março.

Prouni

Aqueles candidatos que já são bolsistas parciais do Programa Universidade para Todos (Prouni) podem buscar uma vaga no Fies para financiar os 50% da mensalidade.

Não é permitido que um estudante use o Prouni em uma universidade e o Fies em outra, ao mesmo tempo.